Rashid – Blindado Lyrics

[Refrão]
Judas tenta se envolver mas eu tô blindado
Verme é verme, eu sei, e eu tô blindado
A praga bate e volta porque eu sou blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado
Judas tenta se envolver mas eu tô blindado
Verme é verme, eu sei, e eu tô blindado
A praga bate e volta porque eu sou blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado

[Verso 1]
Mil cairão ao meu lado, mas eu tô blindado mais que o corte do Ariel
Vi a vida por um fio, porém sem cores, sem Faber-Castell
Palavras envoltas num véu, dias em tom pastel
Irmãos falsos querem me fazer de Abel
Aliança é só mesmo um tipo de anel
Doce licor na presa de uma cascavel
Não vejo, não ouço e não falo
Em sua intriga digna de Manoel Carlos
Me sinto Mogli, num mundo Ugly
Esses mano são tudo Pug Life e online pagam de Thug
Minha história rima com vitória
Com a glória que eu consegui devido à oratória
Que rima com a minha trajetória, nenhuma conquista é aleatória
E sua inveja não rima com nada disso

[Refrão]
Judas tenta se envolver mas eu tô blindado
Verme é verme, eu sei, e eu tô blindado
A praga bate e volta porque eu sou blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado
Judas tenta se envolver mas eu tô blindado
Verme é verme, eu sei, e eu tô blindado
A praga bate e volta porque eu sou blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado

[Verso 2]
Dez mil à minha direita, maçã podre que estraga a receita
Conheço seu pleito, a verdade não peita
Peida quando a foice vem e não é pra colheita
Eita, arrasta uma renca
Alimentado de melancolia igual Enka
Traíra é peste desde os Inca
E ele brinca até te ver na pele de Quincas
Falso, como um Rolex de Chinatown
Falso, como neve aqui, lá em Natal
Num é recôncavo nem reconvexo
Tão vazio, no teu olho só vejo reflexo
“Aperto de mão (mão)
Já não simboliza união”
Por isso minha banca é restrita
Quanto menor a rede, menor a chance de ter parasita

[Refrão]
Judas tenta se envolver mas eu tô blindado
Verme é verme, eu sei, e eu tô blindado
A praga bate e volta porque eu sou blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado
Judas tenta se envolver mas eu tô blindado
Verme é verme, eu sei, e eu tô blindado
A praga bate e volta porque eu sou blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado
Blindado, blindado, blindado, blindado

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *